Hospedagem de sites

Volkswagen
Continuam cada vez mais fortes os rumores sobre uma eventual parceria entre a Volkswagen e a Suzuki. A publicação alemã Automobilwoche, ligada à indústria automotiva, revelou que um acordo entre as duas fabricantes poderia entrar em vigor até ao final deste ano, segundo a Reuters.

Segundo um executivo da Suzuki presente ao Salão de Frankfurt, a parceria seria interessante para ambas as partes. A Suzuki teria acesso a uma variedade de tecnologia da VW, enquanto a Volkswagen tem uma sólida base de apoio na Índia e no Sudeste Asiático.

Nenhuma das empresas falou oficialmente sobre o assunto. Na semana passada, no entanto, Martin Winterkorn, diretor executivo da VW, disse que o portfólio de produtos da montadora japonesa se encaixaria muito bem na sua companhia.

Fonte: Uol Carros

Peugeot 206

Modelos com câmbio automático precisam de atualização de software. Pedal do freio pode endurecer com o motor frio.

O Grupo PSA Peugeot Citroën anunciou nesta segunda-feira (21) o recall dos carros Peugeot 206 e 207 (com câmbio automático) e Citroën C3 (versão 1.6 flex com câmbio automático). O motivo é um problema no software de controle da injeção eletrônica de combustível.

De acordo com as duas montadoras, os proprietários devem comparecer a uma concessionária autorizada para fazer a atualizaçao do software, pois existe a possibilidade de um endurecimento do pedal de freio após o acionamento do veículo com o motor totalmente a frio, durante os primeiros 15 segundos. O problema acarreta redução da eficiência na hora de frear o veículo, o que pode causar acidentes.

Citroen C3

Modelos envolvidos no recall:

Peugeot 206 – anos 2007 e 2008 – somente versões com câmbio automático.

Peugeot 207 – ano 2009 – somente versões com câmbio automático.

Citroën C3 1.6 flex – ano 2008 – somente versões com câmbio automático, chassis inseridos no intervalo de 8B544878 a 8B547417

Citroën C3 1.6 flex - ano 2009 – somente versões com câmbio automático, chassis inseridos no intervalo de 9B500014 a 9B52425

Mais informações podem ser obtidas nos telefones: Peugeot – 0800 703 2424; Citroën – 0800 011 8088.

Fonte: G1

A revista americana Forbes publicou suas tradicional listas de carros mais caros à venda no mundo. Quem chama atenção logo de cara é a marca de superesportivos artesanais Pagani, que emplacou quatro de seus modelos entre os 12 presentes no ranking. Mas quem encabeça a lista é outro bólido de peso: o Koenigsegg CCXR, que custa US$ 2,173 milhões (R$ 4,2 milhões).

Confira a lista completa:

1. Koenigsegg CCXR – US$ 2.173.950
2. Bugatti Veyron 16.4 Grand Sport – US$ 2.027.760
3. Pagani Zonda Cinque Roadster – US$ 1.882.920
4. Bugatti Veyron 16.4 – US$ 1.738080
5. Pagani Zonda Cinque Coupé – US$ 1.738.080
6. Lamborghini Reventón – US$ 1.454.400
7. Pagani Zonda F Roadster – US$ 1.448.000
8. Maybach Landaulet – US$ 1.380.000
9. Pagani Zonda F Coupé – US$ 1.375.980
10. Leblanc Mirabeau – US$ 861.798
11. SSC Ultimate Aero – US$ 740.000
12. Maybach 62 Zeppelin – US$ 506.500

Fonte: Auto esporte

A Volvo anunciou nesta quarta-feira (9) o recall de 26 mil veículos em todo o mundo. Os convocados terão que fazer a troca de um programa eletrônico (módulo eletrônico) que pode provocar cortes no funcionamento do motor.

“Este módulo não funciona como deveria deixando os motoristas na “mão” após ter percorrido cem metros, foi o que afirmou um porta voz da Volvo em Gotemburgo, Maria Bohlin”.
Os veículos convocados para o recall são os modelos S80, V70, XC60, XC70 e S80L (este último vendido apenas na China). Todos esses veículos são equipados com o motor T6, de seis cilindros turbo.

“Todos os clientes que possuem algum dos modelos citados acima deverão comparecer a uma concessionária da Volvo para fazer a troca do programa eletrônico. Segundo o porta voz da empresa este modelos totalizam 26 mil veículos com aproximadamente 12 mil situados só no Estados Unidos”.

A Jaguar começa a vender no Brasil o carro esportivo de luxo XKR, o modelo mais rápido já produzido pela marca. O carro chega em duas versões: cupê (por R$ 489 mil) e conversível (R$ 529 mil)

O Jaguar XKR leva um motor 5.0 V8 Supercharged de 510 cavalos (110 cavalos a mais do que seu antecessor), que permite ao veículo acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e atinge a velocidade final (eletronicamente limitada) de 250 km/h.

O XKR é equipado com transmissão sequencial de seis velocidades e opção para a troca por meio de comandos borboleta dispostos na parte de trás do volante. O sistema de freios para brecar este veículo extremamente veloz é composto por quatro canais ABS, distribuição eletrônica de frenagem e freio hidráulico auxiliar, que proporciona maior pressão nos discos em caso de parada brusca.

Fonte: G1